novembro 13, 2011

Wagner Borges - Falando de Ilusões e Querelas, na lata!

.

Falando de Ilusões e Querelas, na lata!
Canal:  Wagner Borges
.
.
(E Descendo a Lenha na Arrogância - em Nome do Papai do Céu) 
.
Quem diz que tudo é Maya e, por isso, nega a vida, já caiu na própria armadilha do que fala. Porque negar a Vida também é Maya*.
E renegar o corpo é tolice maior ainda.
Com o perdão do trocadilho, "achar que tudo é ilusão, é um tipo de ilusão".
Se o Papai do Céu está em todas as coisas, Ele não está somente dentro dos corações, mas, também, no próprio coração da Vida.
Se o Divino é Puro Espírito, Ele interpenetra a tudo o que é denso, seja corpo ou pedra; espírito ou madeira; sábio ou idiota.
A ilusão real está em não perceber isso.
O espaço sideral e um simples átomo; o urso comilão e o asceta; o iniciado e o profano; o materialista e o espiritualista; o iogue e o troglodita; tudo é Luz.
A ilusão não está nas coisas da criação, mas, sim, no apego a elas e na arrogância de se sentir superior aos outros seres.
E também é ilusão não ser feliz e ficar de semblante amarrado e criticando tudo.
Alguns caras radicais, sem pé nem cabeça e tortinhos demais, não suportam ver alguém feliz - e esse tipo de postura não é um tipo de ilusão?
Que espiritualidade é essa que abomina o riso?
Não, não! Essa galera está bem equivocada.
Se até o Papai do Céu ri - pois, se Ele criou a tudo, também criou as risadas -, imagine os homens da Terra...
Negar a vida não está com nada!
Assim como negar o espírito é uma furada monumental.
O corpo não é impuro; é simplesmente um pedacinho vivo da Natureza e faz parte da mesma Luz que está em tudo.
Entretanto, o coração dessa gente que nega as coisas do mundo está bem sujo.
Porque sua arrogância já toldou seu Amor e sua Inteligência.
Falando claro: essa galera padece de "frieira psíquica".
Por isso estão sempre constritos e bicudos. E como pode ser isso?
Alguém que não ri pode falar de evolução espiritual?
Se nega a Vida, também nega a si mesmo - e ao Papai do Céu, que é quem mais ri no universo.
Maya é essa gente chata pra dedéu e metida a besta!
De que adianta não comer isso ou aquilo, se continua a comer irritação em todo momento?
E alguns até flexibilizam bem os movimentos do corpo, mas não são capazes de flexibilizar suas emoções e posturas mentais radicais.
São capazes de "plantar bananeiras incríveis", mas - novamente com o perdão do trocadilho -, "se embananam bastante" diante das coisas simples da existência.
Ô gente insossa!
Se pudessem, iriam morar em algum recanto do Himalaia, não por Amor à espiritualidade, mas para fugir das lutas e aprendizados do mundo.
E, com essa postura, o máximo que conseguem é transformar o próprio coração numa caverna escura e sem compaixão.
E, mais honrado e espiritualizado é quem vê o Divino em tudo, inclusive, no coração dos outros, e na vida comum... Porque, mesmo passando pelas dificuldades do cotidiano, ainda assim, se lembra do Papai do Céu - e valoriza a Vida e ri bastante...
Esses são os verdadeiros gurus: encontraram felicidade só pelo fato de simplesmente existirem. E, em cada respirada que dão, honram a Vida, neles mesmos.
Podem até falar do espírito, mas não negam o corpo. E alguns até sonham em visitar o Himalaia, mas, para encher as cavernas geladas de risadas bem quentes e gostosas.
São Budas do mundo. E como são gratos ao Papai do Céu, só pelo fato de existirem, são contentes e desprendidos de tolices e querelas sem nexo.
E, assim, realizam o próprio espírito. E suas risadas ecoam de estrela em estrela...
O mantra de hoje é só esse aqui: Om Rir Om!** 
 .
P.S.:
Maya? Que nada! Viver é o lance. E o Papai do Céu é o Cara!
E nós aprendemos algo com Ele:
"Rir é um santo remédio...
E cura até ilusão".
.
Um abraço a todos os leitores.
(Sejam inteligentes, criativos, amorosos e alegres).
A Companhia do Amor vai nessa...
.
- Companhia do Amor -
A Turma dos Poetas em Flor.
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges.)
..
- Notas: 
Maya - do sânscrito - ilusão; tudo aquilo que é mutável, que está sujeito à
A Companhia do Amor é um grupo de cronistas, poetas e escritores brasileiros desencarnados que me passam textos e mensagens espirituais há vários anos. (...)
Para mais detalhes sobre o trabalho dessa turma maravilhosa, ver os livros "Companhia do Amor - A Turma dos Poetas em Flor - Volumes 1 e 2" - Edição independente - Wagner Borges, e sua coluna no site do IPPB (que é uma das seções mais visitadas no site): www.ippb.org.br.
.
Canal:  Wagner Borges
Fonte:  Site Somos Todos Um   (12/11/2011)
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários moderados. Participações ofensivas e anônimas não serão publicadas. Gratidão, Paz e Luz!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Feeds transicionando