agosto 05, 2012

Wagner Borges - Colóquios espirituais no coração do Todo

.

Colóquios espirituais no coração do Todo
(Quando os Iniciados se Encontram...)
Sanat Khum Maat
Canal: Wagner Borges
.
.
Cada um de nós, dentro da senda espiritual, encarnados e desencarnados, estamos aqui por Amor, por Consciência e Presença Real.
Por isso, juntos, podemos elevar os nossos pensamentos ao Todo, que está em tudo, assim como os iniciados de outrora faziam, a partir do centro que era o seu próprio coração.
Por Amor, Consciência e Presença, unidos, entramos em sintonia com as linhas invisíveis que interligam a todos os iniciados, nas trilhas mais diversas, espalhados pelo mundo e até mesmo por outros orbes.
Irmãos e irmãs, que estão interligados pelos mesmos propósitos, os mesmos Magnos Objetivos de Liberdade, Igualdade e Fraternidade.
Os mesmos objetivos que nortearam a todos os iniciados ao longo das eras...
Todos nós emanamos vibrações a partir do que pensamos e sentimos... E, quando juntos, sob a egrégora do Alto, somos potencializados e irradiamos muito mais Luz do que supomos.
Irmanados aos grandes objetivos, nos tornamos emissários de luzes maiores que escapam ao entendimento comum, e que operam, sutilmente, nos bastidores invisíveis das reuniões, o milagre do esclarecimento e da assistência espiritual - tão necessários à humanidade deste orbe.
Juntos, formamos um Grande Coração - por entre os planos -, e o Amor é que faz esse coração pulsar, assim como o Supremo Coração do Todo pulsa em todos os corações.
Dessa forma, podemos caminhar em conjunto, deixando pegadas luminosas na trilha, por tudo o que somos, pelo bem que pretendemos e por tudo aquilo que almejamos... Assim, deixamos nossas marcas nos corações dos outros, com cada coisa que realizamos.
O mundo não vê o trabalho dos Iniciados espirituais, que, naturalmente, é de bastidores, de forma anônima e serena, pois os olhos físicos só podem ver o que é denso... E a assistência invisível naturalmente é sutil e, por isso, não pode ser vista.
Então, os caminhos de cada um são traçados por suas próprias escolhas e companhias e, aqueles que perseveram, tornam-se mais fortes, vida após vida, caminhando por uma trilha invisível, por entre os planos e também dentro do próprio espírito.
Guardiões espirituais protegem aqueles que trabalham firmes na jornada, sem interferir no livre-arbítrio de cada um; sem julgar e sem dizer o que fazer... Contudo, sempre inspirando e trabalhando silenciosamente, protegendo, orando e fazendo o melhor possível por todos.
Iniciados de diversos planos, de diversas trilhas, se reúnem, por vezes, em colóquios espirituais que são realizados no Espaço.
Muitas vezes, pela Graça do Todo, alguns desses colóquios são realizados próximos às vibrações da Terra e, em situações raras, também próximos a reuniões espirituais de grupos, como hoje.
São colóquios espirituais que unem iniciados de todas as linhas, em prol do bem comum, que se reúnem em lugares voltados para a Luz e os bons propósitos. E esses encontros determinam novas vibrações, novos trabalhos e novos rumos, que demandam organização, tempo e trabalho... É aquilo que nós chamamos de "Consciência, Amor e Presença".
Há uma chama acesa dentro de cada Iniciado - e pressões do mundo não conseguem apagá-la; porém, a própria pessoa, com seu ego, pode limitá-la, permitindo, então, que a pressão do mundo a desvie da senda espiritual.
Mesmo assim, essa Luz jamais se apaga, porque se mantém acesa por obra dos hierofantes, que permitem a abertura dos caminhos espirituais; mas precisa ser bem cuidada, para que, a cada dia, possa aumentar o seu brilho, mais e mais, dando força, inspiração e calor na jornada... Que não é fácil - nunca foi fácil, em época alguma -, e sempre demanda novos desafios, que fazem parte da própria evolução do Ser.
A quem muito foi dado, muito será cobrado; isso é uma regra iniciática. E, quem muito recebeu, precisa, agora, semear...
Que os caminhos de vocês sejam justos e equânimes, sinceros e honrados, pois, ninguém de fora é capaz de julgar o coração de outro... Ninguém, a não ser o Todo conhece o verdadeiro grau iniciático de cada Ser.
Ele é o Grande Hierofante, O Grande Iniciador de todos, encarnados e desencarnados, neste e em outros orbes. E quanto mais profundo é o grau realizado pelo iniciado espiritual, mais ele se sente eterno aprendiz de vida; se sente pequeno diante da magnitude do infinito da própria existência.
Sejam firmes na jornada e leais aos bons princípios, e jamais sejam traidores de seus próprios pensamentos.
Os ideais de Liberdade, Igualdade e Fraternidade não são apenas dos homens da Terra e, por isso, não podem ser maculados pelas emoções e torpezas do ego de ninguém.
Cabe a cada um fazer, continuamente, um autoexame, de quais são os seus propósitos de vida, e por onde vai e com quem anda - e o que faz.
Alguns pecam pela inércia, outros pecam pelo excesso; extremos são perigosos.
Equanimidade é o que se pede na senda... Que jamais será fácil - nunca foi, e até o último dia da existência carnal de cada um será assim.
Este não é um lugar de férias para o espírito, é um plano de aprendizados e lutas intensas. Contudo, também é um lugar de regeneração, e quem trabalha de forma justa terá o seu quinhão luminoso dentro do próprio coração, dado pelo Todo.
Terá a consciência justa, por ter feito o seu melhor...
Equanimidade e serviço luminoso.
Firmeza e lealdade.
Paz e Luz.

.
- Sanat Khum Maat -
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges)
.
- Nota de Wagner Borges: Esses escritos são a transcrição de uma psicofonia que rolou comigo durante uma reunião do Grupo de Estudos e Assistência Espiritual do IPPB. 
 .
- Notas do Texto:
Egrégora - do grego "Egregorien" , que significa "velar", "cuidar" - é a atmosfera coletiva plasmada espiritualmente num certo ambiente, decorrente do somatório dos pensamentos, sentimentos e energias de um grupo de pessoas voltado para a produção de climas virtuosos no mundo. É a atmosfera psíquica resultante da reunião de grupos voltados para trabalhos e estudos baseados na LUZ. Pode-se dizer que toda reunião de pessoas para a prática do Bem e da Virtude - independentemente de linha espiritual - forma uma egrégora específica, uma verdadeira entidade coletiva luminosa, à qual se agregam várias outras consciências extrafísicas alinhadas com aquela sintonia espiritual para um trabalho interconsciencial. Provavelmente foi por isso que Jesus ensinou: "Onde houver dois ou mais em meu nome, aí eu estarei." Muitos dizem que não se deve misturar egrégoras de trabalhos diferentes, porém, quando o Amor se manifesta, desaparece qualquer ideologia doutrinária, e só fica o que interessa: a LUZ. No dia em que os homens despertarem para climas mais universalistas e cosmoéticos, com certeza esse mundo será melhor de viver. Viva a LUZ, pouco importa o nome, o grupo ou a doutrina que fale dela. E viva os mentores espirituais que ajudam a todos, independentemente de credo, raça ou cultura esposada. Para saber mais sobre o mestre extrafísico Sanat Khum Maat, ver no seguinte endereço específico: 
http://www.ippb. org.br/modules. php?op=modload& name=News& file=article& sid=3194 
Há outros textos dele postados na seção de textos periódicos do site enviados semanalmente - www.ippb.org.br . Devido à profundidade de seus apontamentos, é um dos mentores mais queridos dos leitores, que, frequentemente, enviam e-mails pedindo mais textos de sua autoria espiritual.

.
Fonte IPPB Yahoo Grupos (Publicado por "Transicionando" em 17/01/2012):
http://transicionandoluz.blogspot.com.br/2012/01/wagner-borges-coloquios-espirituais-no.html
 .
Fonte (STUM em 04/08/2012): http://somostodosum.ig.com.br/conteudo/c.asp?id=12276
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários moderados. Participações ofensivas e anônimas não serão publicadas. Gratidão, Paz e Luz!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Feeds transicionando