maio 12, 2012

Voando fora do corpo pelas Esferas Espirituais - Wagner Borges

.

Voando fora do corpo pelas Esferas Espirituais
(Uma Viagem Espiritual no Círculo de Luz do Amor)
Wagner Borges
.
.
.Enquanto eu caía no sono, alguém me disse, mentalmente:
"Você ainda sabe voar com alegria?"
Então, eu vi o semblante simpático de um mentor espiritual** em frente.
Ele riu e me disse: "deixe sua máquina de respirar aí embaixo!"
E eu respondi: "daqui a pouco eu vou... Mas, do meu jeito".
Ato contínuo, deslizei minha atenção para os pés e concentrei-me ali.
Passei a visualizar que respirava suavemente pelas plantas do pés.
No meu caso, isso me relaxa profundamente - porque tira o foco do cérebro.
E faz com que minha aura*** se dilate consideravelmente - ou seja, fluo na Luz...
Contudo, enquanto eu fazia isso, ele projetou energias em meu peito.
E eu vi uma Luz clara emanando de suas mãos - como um passe suave e brilhante.
E ele disse: "Além dos pés, encha o seu peito de Luz... E sintonize aquele Amor".
Então, segui a dica dele e, ao mesmo tempo, observei-o trabalhando com as mãos.
E dava gosto ver o seu semblante alegre - que evidenciava o seu nível espiritual.
E, nisso, senti uma alegria serena dentro da Luz do meu peito - algo bem legal.
E me senti saindo do corpo, como uma bolha de sabão se desprendendo no ar...
E ele, ali, vibrando aquele passe energético e me dizendo: "Amor, rapaz!"
E eu fui subindo mais e mais... Como um balão no ar, solto, em espírito.
Até que surgiu uma grande Luz sobre mim e arrebatou-me nas ondas extrafísicas.
E eu girei por entre as estrelas, em alta velocidade, mais veloz que o pensamento.
Na verdade, parecia que eu surfava numa onda de alegria serena e suave...
E também escutava uma música transcendental, que estava em tudo.
Então, surgiu uma grande círculo luminoso diante de mim. E me envolveu...
E eu senti uma energia morna me acariciando dentro daquela Luz amarela.
Ah, ali estava eu, fora do corpo, lúcido, contente, curtindo extrafisicamente...
E tudo era muito tranquilo - e, de alguma forma, muito familiar -, como uma brisa.
E eu flutuei nesse campo luminoso, integrado com aquela Luz serena e amiga.
E, se pudesse, não sairia mais dali. Porém, eu sabia que o meu corpo me aguardava.
Ali, eu não tinha como mensurar a passagem do tempo - eu e a Luz éramos um só!
E o lance foi rolando... Até que senti um forte repuxão na nuca e me senti caindo.
E tudo muito rápido, além de minha capacidade de percepção e compreensão.
Em instantes, me vi emergindo da Luz, logo acima do meu corpo físico.
Foi como se a Luz me projetasse suavemente para fora dela - de volta ao quarto.
E, ali, como antes, estava o mentor espiritual aplicando os seus passes espirituais.
E eu, flutuando, como um balão humano, quase colado ao teto, olhando a cena.
Lentamente, fui perdendo a leveza e descendo sobre o corpo, até entrar nele.
Na verdade, escorreguei para dentro dele e senti o peso da matéria.
E a primeira sensação de peso vem da própria respiração - que é como um fole.
Sim, um fole vital, que mantém o corpo vivo. Ou seja, ele é uma máquina orgânica.
Ou, como o amigo espiritual chamou, "uma máquina de respirar".
E, por falar nele, assim que entrei no corpo, deixei de vê-lo. Mas ainda o sentia...
Um pouco depois, senti sua mão energizando minha testa - e aquela alegria.
E, mentalmente, ele me disse: "Amor, rapaz! Isso é tudo. A chave é essa".
E quando ele me disse isso, eu percebi o motivo de tudo rolar nessa noite.
E as lágrimas brotaram nessa percepção - e eu me tornei só gratidão...
Porque ele havia me patrocinado o lance extrafísico todo - como um presente.
E isso porque eu tinha feito o lançamento de mais um livro**** horas antes.
E, depois de tanto trabalho para publicá-lo, ele veio e me deu a Luz de presente.
E me fez girar pelas estrelas e comungar com a música das esferas espirituais.
Ah, eu deixei as lágrimas de gratidão lavarem o meu rosto, serenamente.
E ele ainda me disse: "entregue o fruto de todo trabalho ao Alto. E aja de acordo com a Luz. E seja feliz, por Amor".
E eu fiquei ali, deitado no escuro do quarto, com o rosto e o coração lavados.
Sim, lavados pela Luz.
.
Paz e Luz.
Gratidão.
.
Wagner Borges 
(mestre de nada e discípulo de coisa alguma, firme na senda...).
.
- Notas: Projeção da consciência - é a capacidade parapsíquica - inerente a todas as criaturas -, que consiste na projeção da consciência para fora de seu corpo físico. Sinonímias: Viagem astral - Ocultismo. Projeção astral - Teosofia. Projeção do corpo psíquico - Ordem Rosacruz. Experiência fora do corpo - Parapsicologia. Viagem da alma - Eckancar. Viagem espiritual - Espiritualismo. Viagem fora do corpo - Diversos projetores extrafísicos e autores. Emancipação da alma (ou desprendimento espiritual) - Espiritismo. Arrebatamento espiritual - autores cristãos. 
** Mentor Espiritual - entidade extrafísica e positiva que ajuda o projetor nas suas experiências extracorpóreas; amparador extrafísico; mestre extrafísico; companheiro espiritual; protetor astral; auxiliar invisível; guardião astral; guia espiritual; benfeitor espiritual. 
*** Aura - do latim, aura - sopro de ar - halo luminoso de distintas cores que envolve o corpo físico e que reflete, energeticamente, o que o indivíduo pensa, sente e vivencia no seu mundo íntimo; psicosfera; campo energético.
**** Na verdade, trata-se de um relançamento do meu livro "Falando de Vida Após a Morte", que acabou de ser publicado (numa linda edição ampliada e com nova capa), pela Editora Luz da Serra. E deu bastante trabalho refazer o livro, tomando-me bastante tempo e atenção.
.
.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários moderados. Participações ofensivas e anônimas não serão publicadas. Gratidão, Paz e Luz!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Feeds transicionando